sexta-feira, 3 de junho de 2011


Tecnologia sustentável.

0
EcoD // Quatro gadgets sustentáveis
Os materiais eletrônicos são alguns dos que mais prejudicam o meio ambiente, por conterem diversos minerais e subprodutos que em contato com o solo poluem os lençóis freáticos. Na tentativa de melhorar a vida útil desses produtos ou torná-los menos agressivos, empresas de eletrônicos buscam cada vez mais inovações sustentáveis.
Confira alguns gadgets que seguem essa linha de menor impacto ambiental, a maioria deles pode ser comprado pela internet.
Divulgação // HD externo ecológico
A Sansung lançou uma série de HDs externos ecológicos feitos sem halogênios (grupo químico formado por flúor, cloro, bromo, iodo, astato e ununséptio - este último é radioativo). Os discos rígidos, que armazenam entre 250 GB e 640 GB, venceram a categoria Computer Equipment do Gold Award por conta da composição, do baixo consumo de energia e por serem silenciosos.
Os HDs ainda não chegaram no Brasil, mas podem ser comprados pela Amazon.
Divulgação // Teclado e mouse de bambu

A fim de reduzir o uso do plástico na produção de mouses e teclados, a marca Chinavasion criou acessórios feitos de bambu. Além de maleável, a madeira do bambu possui atrativos ecológicos pois cresce rápido e realiza um bom trabalho de mitigação de carbono. O conjunto possui entradas USB e pode ser adquirido por pouco mais de R$ 55 no site da empresa.
Divulgação // Tablet vira caderninho
A impressão do papel é um dos grandes vilões da exploração madeireira e para driblar o gasto desnecessário de folhas, a empresa NoteSlate lançará um tablet do tamanho de um A4 com o objetivo de substituir blocos e cadernos de anotações. O gadget é da espessura de um papelão (6 mm) e pode ser escrito com uma caneta de tinta virtual.
Com memória de até 32GB, o "caderno" digital possui três botões laterais com funções de salvar, deletar e passar as páginas. A novidade é que também dá para ouvir música, o tablet possui entrada USB e fones, e uma bateria de 180 horas de duração.
O lançamento do aparelho está previsto para esse mês de junho, por U$99, no site oficial.
Divulgação // Pen drive de papel
Plástico ou papel, o que é melhor para o planeta? Na dúvida há pessoas que preferem usar dos dois. A Artledev lançou um projeto de pendrive feito de papel com capacidade de 4, 8 e 16GB. O produto não está à venda, mas serve de inspiração para que mais novidades sustentáveis surjam no mundo eletrônico.

0 comentários:

Postar um comentário

Pagina inicial